quinta-feira, 31 de março de 2016

Resultado de imagem para imagem de um advogado O advogado e o cliente

Um réu estava sendo julgado por assassinato na Inglaterra.
 
Havia fortes evidências sobre a sua culpa, mas o cadáver não aparecera.
 
Quase no final da sua sustentação oral, o advogado, temeroso de que seu cliente fosse condenado, recorreu a um truque:
 
– Senhoras e senhores do júri, eu tenho uma surpresa para todos vocês - disse o advogado, olhando para o seu relógio. – Dentro de um minuto, a pessoa presumivelmente assassinada neste caso, entrará neste tribunal.
 
E olhou para a porta.
 
Os jurados, surpresos, também ansiosos, ficaram olhando para a porta.
 
Um minuto passou. Nada aconteceu. O advogado, então, completou:
 
– Realmente, eu falei e todos vocês olharam com expectativa. Portanto, ficou claro que vocês têm dúvida, neste caso, se alguém realmente foi morto. Por isso, insisto para que vocês considerem o meu cliente inocente.
 
Os jurados, visivelmente surpresos, retiraram-se para a decisão final.
 
Alguns minutos depois, o júri voltou e pronunciou o veredicto:
 
– Culpado!
 
– Mas como? - perguntou o advogado. – Vocês estavam em dúvida, eu vi todos vocês olharem fixamente para a porta!
 
E o juiz esclareceu:
 
– Sim, todos nós olhamos para a porta. Exceto o seu cliente...
 
Autor: Desconhecido



The lawyer and the client


A defendant was on trial for murder in England.
 
There was strong evidence about his guilt, but the corpse appeared.
 
Almost at the end of its oral arguments, the lawyer, fearful that his client was convicted, resorted to a trick:
 
-Ladies and gentlemen of the jury, I have a surprise for all of you, ' said the lawyer, looking at your watch. -Within a minute, the person presumably murdered in this case, enter the Court.
 
And looked out the door.
 
The jurors, surprised, too eager, were looking for the door.
 
A minute passed. Nothing happened. The lawyer then completed:
 
– Actually, I spoke and all of you looked forward to. Therefore, it is clear that you have doubt, in this case, if someone really was dead. Therefore, I insist that you consider my client not guilty.
 
The jurors, visibly surprised, withdrew for the final decision.
 
A few minutes later, the jury returned and pronounced the verdict:
 
-Guilty!
 
-But how? -asked the lawyer. -You were in doubt, I saw you all look intently at the door!
 
And the judge stated:
 
-Yes, we all look for the door. Except your client.
 
 Author: Unknown

Nenhum comentário:

Postar um comentário